Os cocos no Ceará: música e festa em duas comunidades litorâneas – Ninno Amorim

Resumo: O artigo discute a presença da música e da festa na manifestação cultural denominada coco. Os instrumentos musicais, os materiais de que são compostos, a relação com o ambiente, com a lida no mar dos pescadores e seus familiares. O texto procura situar a brincadeira do coco nas tradições culturais brasileiras, discutindo abordagens de distintas correntes teóricas. As relações entre trabalho e festa estão presentes nos cocos praticados em todo o litoral cearense. As pessoas participantes da pesquisa que dá suporte a este artigo habitam as localidades de Balbino, município de Cascavel-CE, e de Iguape, município de Aquiraz-CE. Também são apresentados os modos como a dança compõe a brincadeira dos cocos, sua relação com o andamento das músicas e com os versos cantados, bem como, as transformações pelas quais entra em contato.

Autor: Djanilson Amorim da Silva (Ninno Amorim)
Ano:
2016
Download do arquivo completo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top